Pesquise Aqui!

A Saudade, a Esperança e o Amor

|| ||


A Saudade, a Esperança e o Amor
Não raro me pego pensando...
Como uma saudade tão grande cabe em um peito tão pequenino.
Saudade de um sorriso, de uma voz, de um olhar...
Saudade de um E-mail trocado de uma palavra digitada de uma música compartilhada de um carinho que aquece a alma e põe em alvoroço o coração...
Como pode em um peito tão pequeno repousar uma saudade tão grande?
Saudade que maltrata que castiga que machuca que dói até quase sangrar...
Saudade que de igual modo faz sorrir, faz vibrar, faz saltar de alegria quando um momento bom é arrancado meio que a força do fundo da memória.
De muito pensar encontro à resposta...
A saudade grande cabe em um peito pequeno pq um amor maior ainda foi abrindo espaço ao longo dos anos e assim, perfeito que é divide gentilmente o espaço com a saudade na esperança de rever a pessoa amada.
E, em um peito pequenino de um ser humano frágil mora o motivo de dor e de alegria. 
Imaginem só... Em um peito pequenino mora a Saudade a Esperança e o AMOR

Gi Barbosa Carvalho

Seguidores

Google+ Badge