Pesquise Aqui!

A felicidade - Do Livro Você é Insubstituível

|| ||
 Por Augusto Cury


  • Os famosos tentaram seduzir a felicidade. Ofereceram em troca dela os aplausos, os autógrafos, o assédio da TV.Mas ela golpeou-os,dizendo: 



  • "Escondo-me no cerne das coisas simples!" 
      Rejeitando o seu recado, muitos não trabalharam bem a fama. Perderam a singeleza da vida, se angustiaram e viveram a pior solidão: sentir-se só no meio da multidão.
    • Os jovens gritaram: "O prazer de viver nos pertence!" Fizeram festas e promoveram shows, alguns se drogaram e outros preciaram viver perigosamente. Mas a felicidade chocou-os com seu discurso:
    "Eu não me encontro no prazer imediato, nem me revelo aos que desprezamseu futuro e as conseqüências dos seus atos!"
    • Algumas pessoas creram que poderiam cultivar a felicidade em laboratório. Isolaram-se do mundo, baniram as pessoas complicadas de sua história e as dificuldades de sua vida. Gritaram: "Estamos livres de problemas!" Mas a felicidade sumiu e deixou-lhes um bilhete:
    "Eu aprecio o 'cheiro' de gente e cresço em meio aos transtornos da
    vida."
    Por que muitos falharam em conquistar a felicidade? Porque quiseram o perfume das flores, mas não quiseram sujar suas mãos para cultivá-las; porque quiseram um lugar no pódio, mas desprezarama labuta dos treinos. Precisamos aprender a navegar nas águas daemoção se quisermos ter qualidade de vida no mundo estressante em que vivemos.O mundo da emoção não aceita atos heróicos tais como: "De hoje em diante acordarei bem-humorado", "Daqui para frente sereiuma pessoa calma", "De agora em diante serei uma pessoa feliz, com alto astral e cheia de auto-estima".      Grande engano! No calor da segunda-feira todas essas intenções se evaporam...

    Seguidores

    Google+ Badge